Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

sábado, 21 de novembro de 2009

O DOM E A SABEDORIA


Uma sábia e conhecida história árabe diz que, certa feita, um sultão sonhou que havia perdido todos os dentes. Logo que despertou, mandou chamar alguém para que interpretasse seu sonho:

- Que desgraça, senhor! - exclamou o sábio.

- Cada dente caído representa a perda de um parente de vossa majestade.

- Mas que insolente - gritou o sultão, enfurecido

- Como te atreves a dizer-me semelhante coisa? Fora daqui!

Chamou os guardas e ordenou que lhe dessem cem açoites. Mandou que trouxessem outro sábio e lhe contou sobre o sonho.Este, após ouvir o sultão com atenção, disse-lhe:

- Excelso senhor! Grande felicidade vos está reservada. O sonho significa que haveis de sobreviver a todos os vossos parentes. A fisionomia do sultão iluminou-se num sorriso, e ele mandou dar cem moedas de ouro ao segundo sábio. E quando este saía do palácio, um dos cortesãos lhe disse admirado:

- Não é possível! A interpretação que você fez foi a mesma que o seu colega havia feito. Não entendo porque ao primeiro ele pagou com cem açoites e a você com cem moedas de ouro.

- Lembra-te meu amigo - respondeu o sábio - que tudo depende da maneira de dizer...

Um dos grandes desafios da humanidade é aprender a arte de comunicar-se. Da comunicação depende, muitas vezes, a felicidade ou a desgraça, o fortalecimento ou destruição do casamento, a paz ou a guerra.

Que a verdade deve ser dita em qualquer situação, não resta dúvida. Mas a forma com que ela é comunicada é que tem provocado, em alguns casos, grandes problemas.

A verdade pode ser comparada a uma pedra preciosa. Se a lançarmos no rosto de alguém pode ferir, provocando dor e revolta. Mas se a envolvemos em delicada embalagem e a oferecemos com ternura, certamente será aceita com facilidade. A embalagem, nesse caso, é a indulgência, o carinho, a compreensão e, acima de tudo, a vontade sincera de ajudar a pessoa a quem nos dirigimos.

Ademais, será sábio de nossa parte, se antes de dizer aos outros o que julgamos ser uma verdade, dizê-la a nós mesmos diante do espelho.

E, conforme seja a nossa reação, podemos seguir em frente ou deixar de lado o nosso intento. Importante mesmo, é ter sempre em mente que o que fará diferença é a maneira de dizer as coisas.

"Porque melhor é a sabedoria do que as jóias; e de tudo o que se deseja nada se pode comparar com ela" - Provérbios. 8.11.

Lidiomar Trazini / Comunidade Dons Espirituais - Orkut.

4 comentários:

KATIANA disse...

Bem interessante essa questão de dizer a verdade, tem uma frase que uso em meu profile, que diz assim, "A Paz se possivel, mas a verdade? a qualquer preço"

Tenho aprendido que dependendo da maneira que falamos a verdade, nos tornamos mal educados, devido a maneira de se expressar.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Katiana

Às vezes o que é certo é dito com o tom de voz errado, e o efeito do que é expressado não atinge a meta que deveria atingir.

Da mesma maneira, é necessário analisar o ângulo de uma informação. A perpectiva é importantíssima, porque é possível dizer uma coisa só de mil jeitos diferentes.

Abraço.

Diego Batista disse...

Grande aprendizado esse pequeno texto nos ensina!! Parabens..
Diego Batista
http://conversandocomiave.blogspot.com/

Eliseu Antonio Gomes disse...

Diego

Obrigado pela visita e manifestação da sua opinião.

Abraço.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.