Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

COMO O CRISTÃO SE RELACIONA COM AS PRAIAS


Fernando de Noronha - PE
Três pontos de reflexão:

• Deus não tenta a ninguém (e criou a praia!);

• o sol está em todos os lugares (e na praia, área de descanso e lazer);

• o sol é uma benção, faz bem para a nossa saúde (pelas manhãs e finais de tarde).

O dilema da grande maioria dos cristãos está em tomar atitudes extremadas sobre este assunto.

Não há pecado em frequentar praias. Infelizmente, alguns cristãos ultra-conservadores se atrevem a dizer que é pecado. Se realmente fosse, então, Deus seria nosso tentador.

Outros, confundindo liberdade com libertinagem, apregoam que não há erro em ser exibicionista, e sentem prazer em mostrar planos anatômicos do corpo, quase que absolutamente nos 360º. E achando que isso seja pouco, trazem as imagens para a Internet.

Se o ultra-conservador não se sente bem na praia, ok... Respeitamos o gosto pessoal de cada um, pois todo ser humano saudável tem a sua personalidade. Mas fazer desse sentimento uma doutrinação, jamais!

Quem não gosta da areia e do mar deve tomar esta decisão de distanciamento somente para si, afinal, não existe um versículo bíblico nos proibindo de frequentar as praias.
E.A.G.

4 comentários:

Júnior Rubira disse...

Eu evitei a praia por muito tempo!

Pois com todas as tarefas na minha congregação nunca pude tirar um dia. Depois houveram tempos de descanso quando pude ir mais vezes com minha esposa.

O único pecado na praia está em pecarmos com os olhos, e quantos ja vi fazendo isto. Obviamente não podemos usar de sensualidade e sermos predras de tropeço para outras pessoas.

No mais, é uma benção de Deus, eu gosto muito, e no verão de Portugal, não há coisa melhor que praia para quem mora no Alentejo, onde chegamos a ter calor de 50 graus, uh!

Abraços,

Nos Laços do Calvário
Júnior Rubira
www.blogespadadoespirito.blogspot.com

manassesbarreto@bol.com.br disse...

Moro aqui na Bahia, na cidade de Salvador, perto dos bairros da orla(litoral)=(praia),só fui duas vezes na minha vida, hoje entendo que o pecado não está nas praias, e sim na cabeça(Mente, Pensamentos)(Marcos 7,21,22,23)do ser humano,mas por enquanto, prefiro não frequentar-las.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Júnior

Como escrevi no post, penso que a escolha de ir ou não às praias compete a cada cristão.

Descansar é preciso, pois até o Criador descansou.

Sobre "o pecado dos olhos", não é um erro restrito ao lazer à beira do mar.

Que Deus abençoe você.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Manassés

Seu comentário acrescenta dado interessante sobre a existência do pecado. Realmente ele nasce na mente, no coração do ser humano.

Considero que os melhores momenttos de ir às praias são quando elas estão mais vazias. Escolho dias fora das temporadas de férias e de feriados.

Abraço.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.